top of page
Buscar
  • Alfa

Em outubro, celebramos a arquitetura

A União Internacional de Arquitetos (UIA) dedicou o mês de outubro à “Arquitetura para o bem-estar”, e há diferentes iniciativas a decorrer, como duas que a Ordem dos Arquitectos destaca.





O Dia Mundial da Arquitetura é celebrado na primeira segunda-feira de outubro, embora seja comum celebrar a arquitetura ao longo de todo o mês.


Celebra-se ainda o Dia Mundial do Habitat e, sendo festejados em conjunto, procuram destacar o ambiente construído e os seus desafios, assumindo um tema diferente a cada nova edição. Este ano, a União Internacional de Arquitetos (UIA) dedicou o mês de outubro à “Arquitetura para o bem-estar”, e há diferentes iniciativas a decorrer, como duas que a Ordem dos Arquitectos destaca:



21 Outubro | 18h00


Lançamento

Exposição “Nuno Teotónio Pereira - Do Sindicato à Ordem dos Arquitectos - Fui sempre um sócio activo”


Sobre o percurso associativo de um dos arquitetos portugueses mais relevantes do século XX, integra as comemorações do Dia Mundial da Arquitectura e do Centenário do Nascimento de Nuno Teotónio Pereira e inaugura no próximo dia 6 de outubro, na galeria da Sede Nacional da OA e ficará aberta ao público até dia 25 de novembro.


Debate

Nuno Teotónio Pereira

Gerações, Associativismo



27 Outubro | 18h00


Lançamento

Prémio Manuel Graça Dias Ordem dos Arquitectos

Primeira Obra


Cerimónia

Atribuição de títulos de Membro Honorário OA


Mas o que é a arquitetura para o bem-estar? O tema está identificado pela UIA num compromisso da União de usar o design baseado em questões concretas para promover a saúde em edifícios e cidades.


Sabendo que o ambiente construído tem impacto na saúde das pessoas que o vivem, o Design para a saúde e o bem-estar deve ser uma componente fundamental incluída em cada projeto, para cada prática e em qualquer escala. A UIA foi além do papel da arquitetura na melhoria das nossas vidas, protegendo, desenvolvendo e restaurando a saúde, examinando como os arquitetos podem contribuir melhor para o bem-estar físico, emocional, ambiental, financeiro e social da humanidade, ao mesmo tempo que têm um impacto positivo no meio ambiente. A sustentabilidade, o uso de matérias primas locais e com significado especial para a cultura local e a história envolvente são alguns dos pontos-chave que nos ajudam a perceber como podemos trabalhar uma arquitetura para o bem-estar.


Convidamos-vos a conhecerem alguns dos nossos projetos que seguem estas linhas.


Comments


bottom of page